Como conservar a roupa interior

Se na terceira lavagem você começa a ver que sua lingerie se deteriorou e isso parece impossível de resolver, não entre em pânico! Aqui estão os melhores conselhos para manter suas roupas íntimas intactas. Longa vida às peças delicadas!

Rendas, bordados, seda, tule e cetim são ideais para lingerie, certo? Lembre-se de que essas peças não são como as outras roupas: os tecidos são extremamente delicados e requerem cuidados especiais. A seguir, mostraremos as regras de ouro para manter suas roupas íntimas em boas condições. Mas antes, dê uma olhada nas novidades da primavera. Você quer uma lingerie assim?

Nem pense em torcer as peças delicadas que estiverem muito molhadas
Como e onde guardar?

Guarde a lingerie em uma gaveta à parte. É preferível colocar estas peças separadas do restante das roupas. Seus tecidos são propensos a sofrer rasgos que podem estragar qualquer calcinha ou sutiã. Você também pode dobrar entre papéis de seda ou colocá-las em sacolinhas de algodão.

Você abre a gaveta e nunca encontra o que procura? Não consegue manter suas roupas íntimas organizadas? O truque é muito simples. Para as calcinhas, o único segredo é uma boa dose de paciência para dobrá-las corretamente e arrumá-las em pilhas. Quanto aos sutiãs, considere as copas primeiro. O mais correto para evitar a deterioração é introduzir um dentro de outro, de modo que os aros formem círculos. Quanto aos rebeldes sutiãs push-up, que são difíceis de dobrar, você pode optar por deixá-los abertos e organizados em caixas para evitar deformações.

Lavagem
Ler as etiquetas é o primeiro e fundamental passo. Só esse poço de sabedoria que se chama mãe parece entender os símbolos criptografados das etiquetas e dos programas da máquina de lavar roupa. Mas você deve fazer um esforço porque, como diria sua mãe, “já é bem crescidinha “.

A pergunta eterna: lavar à mão ou na máquina? Recomendamos, se possível, sempre lavar as roupas íntimas à mão, com um sabão suave e especial para peças delicadas. Caso lave sua lingerie na máquina, siga nossos conselhos se não quiser sofrer um desgosto e ter a lavadora como sua pior inimiga. Em primeiro lugar, lave SEMPRE no programa para roupas delicadas. Além disso, é conveniente lavar a roupa íntima dentro de bolsinhas especiais: por um lado, isso evita o contato com outras roupas e, por outro lado, impede que os aros dos sutiãs danifiquem a máquina.

Temperatura da água: nunca deve exceder os 30º na máquina. Se você lavar à mão deixa a água “de fria para morna”. A água quente deforma e aumenta as peças, então não submeta suas calcinhas a esse sofrimento.

Nunca centrifugue as roupas íntimas: isso pode danificar os aros dos sutiãs e rasgar o enchimento.

Secagem
As secadoras se juntam ao grupo dos inimigos da lingerie. Essas máquinas rasgam as fibras e, como dissemos, as altas temperaturas não fazem bem para a saúde e a integridade das peças mais íntimas.

Procure secar suas peças ao ar livre e, mais importante, evite a luz direta do sol, pois isso desbota as cores.

Nem pense em torcer as peças delicadas que estiverem muito molhadas. Estique-as sobre uma toalha até que a umidade seja absorvida.
As roupas íntimas são as peças mais esquecidas e, ao mesmo tempo, as mais expostas à lavagem em virtude do uso diário. Não se esqueça da lingerie e ofereça o cuidado merecido para essas peças. Não podemos garantir que você vai ficar parecida com uma angel da Victoria’s Secret, mas prometemos que, com roupas limpas e bem-cuidadas, você se sentirá mais bonita.

Deixe um comentário